Dia-a-dia, semana-a-semana, a evolução, o crescer, o antes e o depois, as imagens, os avanços e os tropeções...
Domingo, 28 de Junho de 2009

Todos nós sabemos que são vários os Agentes que potenciam o aquecimento global, trabalhando em conjunto para aumentar a temperatura da Terra:

 

 

  • Os gases de efeito estufa (como o dióxido de carbono, metano, óxido nitroso, e o ozono terrestre) prendem o calor na atmosfera, impedindo que se dissipe, causando um efeito similar ao de uma estufa. 
  • As diferentes formas de exploraração dos solos (muitas vezes em excesso)  também têm enorme impacto ao nível das alterações climáticas, mas os gases de efeito estufa continuam a fazê-lo numa dimensão sem precedentes...
  • Dizimar florestas em prol do desenvolvimento e até da subsistência agrícola, também potencia o aquecimento global: como as árvores absorvem dióxido de carbono, convertendo-o em oxigénio, deitá-las abaixo sem reposição, implica que mais dióxido de carbono permanece na atmosfera da Terra.

O resultado é o aquecimento global e um cenário de potencial crescente para assistirmos a mais e maiores consequências à medida que o tempo passa. As tempestades poderão ser mais severas, a biodiversidade permanece comprometida e ameaçada à medida que os ecossistemas se alteram, e as calotas glaciares derreter-se-ão, provocando a subida do nível das águas.

 

O impacto do comportamento humano é indiscutível e os perigos para a saúde pública a curto/médio prazo são enormes. Há já quem defenda que se o ritmo da acção humana sobre o ambiente não for consolidadamente revertido nos próximos 10 anos, por volta de 2050 (já!!!), o nosso Planeta começará a apresentar danos irreversíveis. A prazo, não se sabe muito bem quais as consequências, mas aqui entre nós... prefiro ficar na ignorância!!!

publicado por Menina da Cidade às 12:27
Hoje é dia de:

Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

O estado do ambiente tem sido um tema controverso ao longo do tempo. Fauna e Flora que desaparecem, locais e recursos naturais explorados até à exaustão, aumento de temperaturas a nível mundial - e muitos dedos apontados a identificar os culpados. Podemos, aos dias de hoje, confrontar-nos com uma escola de pensamento que se diz menos alarmista e que advoga que, à semelhança de outras épocas, as alterações climáticas são inevitáveis e não causadas por acção humana. Independentemente da causa, o cenário em que vivemos é indiscutível, e é amplamente aceite que a acção do Homem tem enorme quota-parte na responsabilidade sobre o estado do ambiente e na velocidade a que esta situação evoluirá nos próximos anos. A interiorização da ideia de que essa acção ou mudança de atitude da Humanidade está dependente e intrinsecamente ligada às acções individuais do dia-a-dia é hoje uma constatação irrefutável. Então, por onde começar se se quer viver uma vida mais verde? A verdade é que há muito por onde! Os meios de comunicação social dedicam hoje, importante espaço e tempo a estas questões e não faltam debates, workshops, conferências... Peritos e cientistas concordam que a acção global tem de ser alterada para que se consiga parar e até reverter esse flagelo que é o aquecimento global...

A título de exemplo: estas já foram, mas posso afiançar que o interesse, a pertinência e o debate foram bastante vivos... a pontos de me deixarem os neurónios aos saltos!!!

publicado por Menina da Cidade às 09:40
Hoje é dia de:

Domingo, 26 de Abril de 2009

Projecto que sofreu demasiados adiamentos, começa a ganhar forma e sentido novamente... Em NY comprei um pequeno livro de capa verde, na fantástico-fabulosa loja do MOMA. Tem por título 365 Ways to Live Green - Your Everyday Guide to Saving the Environment. A ideia original era postar (numa casa antiga), diariamente e, durante 1 ano, cada uma das dicas deste livro, acrescentanto, ou não, algo de pessoal, como uma crítica, uma opinião, uma adaptação a uma sociedade menos americana e mais europeia... Foi projecto que ficou na gaveta, mas que agora ganha novo sentido, em conjugação com o meu canteiro...

 

E, uma vez que o livro começa com um pequeno inquérito sobre o tamanho da pegada ecológica de cada um, pois que recomendo vivamente uma passagem pelo site da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, e pelo seu trabalho sobre Pegada Ecológica.

publicado por Menina da Cidade às 18:05
Hoje é dia de:


Mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Arquivos
links